quinta-feira, 30 de junho de 2011

NEGRINE, NANI E CATARINA: LOUCOS POR MOTOCICLETA

A matéria abaixo foi veiculada no site da revista Motolife Magazine.





Luiz Carlos Negrine, 61, é aeronauta aposentado, gosta de rock, blues e música clássica. Mas não é pela ex-profissão ou gosto musical que é conhecido onde mora ou passa, e sim pela Nani Esmeraldina e Catarina, duas Cocker Spaniel que andam com ele. Sabe como? De moto! “A ideia de ter um cãozinho que andasse de moto comigo era antiga, mas fui protelando porque não sabia como levá-lo com segurança”, diz Negrine.

Hoje, a bordo de uma Yamaha Drag Star – 1100cc – ano 2000, os três passeiam pela cidade fazendo quem está nas calçadas olhar curiosamente.


Abaixo, você conhece um pouco mais dessa história.

Há quanto tempo você anda de moto com Nani e Catarina?

Com Nani há quase 6 anos e Catarina pouco mais de 1 ano.

Nani e Catarina foram adestradas por alguém?
Não foi necessário adestramento. Inicialmente Nani viajava na bolsa lateral que ia semi-aberta. Ela usava bandana e óculos. Desde o início ela sempre demonstrou gostar e o que mais me impressionou é que ela nunca rejeitou nenhum acessório que eu lhe colocava. Parece que ela já nasceu motociclista (risos).

Você considera o cachorro o melhor amigo do homem? Por quê?
O cão é o animal que ama mais ao seu dono do que a si mesmo, além de outras virtudes, como a fidelidade, a proteção e o zelo que ele demonstra a todo momento. Quer sempre estar próximo e pronto para o que der e vier.

Nani e Catarina já tem algum fã clube?
Elas tem fãs por todo Brasil e inclusive no exterior. Recebo sempre muitos e.mails e mensagens no Orkut e Facebook. Como já saíram muito na mídia elas já são muito conhecidas. Nós gravamos uma matéria para o Câmera Record e a emissora já reeditou e reprisou por 8 vezes, em outros programas. Quando gravamos para o Late Show, da Rede TV, com a Luisa Mel, a matéria foi ao ar por 6 vezes no prazo de um ano. Elas já foram notícia no Jornal da TV Band Rio e todos os jornais fluminenses (O Globo, Extra, O Dia e o Fluminense de Niterói)

Elas tem veterinário? O que eles comentam a respeito?
Existe uma clínica veterinária em Niterói chamada Vetmar que cuida delas e como eu faço propaganda com adesivos na moto, ela me patrocina com toda assistência médica, alimentação , banho e tosa, além de uma ajuda mensal em dinheiro.

As Estradas e Avenidas do seu estado são consideradas boas para pilotagem em sua opinião?
Temos boas rodovias, mas na cidade nem sempre a pavimentação é ideal. O que mais me incomoda são os quebra molas, que nem sempre a gente percebe.

Qual passeio de motocicleta realizado com Nani e Catarina foi o mais interessante e mais longo?
A viagem mais longa foi de Niterói até Porto Alegre, onde permanecemos por três meses, tendo visitado 15 cidades no interior do RS. Nesta viagem percorremos 6.140km no total o que é um recorde e poderia estar no Guiness Book. Eu os consultei e confirmaram o recorde, mas eles exigem muitos detalhes e são muito burocráticos.

Quais são as perguntas mais frequentes que as pessoas fazem quando veem você com elas na moto?
A primeira preocupação das pessoas é se elas vão soltas, já que os extensores não são muito visíveis. Sempre perguntam os nomes, idades e a maneira de como elas se adaptaram. Como faço nos pernoites, já que a maioria dos hotéis não aceitam animais. Eu tenho catalogado todos os hotéis que aceitam.

Você já sofreu algum tipo de acidente de moto junto com elas?
Nunca sofri acidente grave, exceto que uma vez fui abalroado por outra moto, que furou um sinal. Eu tive um pé fraturado, mas Nani nada sofreu. Catarina ainda não tinha nascido.

Você frequenta feiras e eventos de motocicletas pelo Brasil?

Nós participamos todos os anos do McDia Feliz, da casa Ronald McDonald em que elas são as mascotes do evento. Sempre participamos da Feira Vet, no Rio Centro. No carnaval tem o BloCão de Copacabana. Além destes, sempre somos convidados para inauguração de lojas de pet shopps, aniversários de crianças etc.

Você faz parte de algum moto clube? O que os motociclistas acham?
Já pertenci a dois moto clubes (Águias de Ouro e Road Kings) mas como eu viajo com elas e minhas paradas são mais freqüentes e demoras em postos de gasolina também, fica impraticável eu me deslocar com grupos. Por estes motivos eu prefiro viajar sozinho.









2 comentários:

  1. Eu sou o protagonista desta história. Caso queiram me encontrar no facebook, basta pesquisar por Luiz Carlos Negrine.

    ResponderExcluir
  2. Moto linda, e pets mais lindos ainda... demais!

    ResponderExcluir