sexta-feira, 29 de julho de 2011

HONDA INICIA A DEMONSTRAÇÃO DA SCOOTER ELÉTRICA EV-NEO NA ESPANHA





A Honda dá mais uma demonstração do seu compromisso em disponibilizar ao mercado seus produtos ambientalmente sustentáveis. A partir de julho, a marca iniciou um programa de demonstração do scooter elétrico EV-neo. O primeiro local escolhido foi a cidade de Barcelona, na Espanha.
 
A Honda forneceu 18 unidades do modelo EV-neo por um período de um ano. Além disso, será feito um trabalho de pesquisa e atividades diárias sobre o uso do modelo na cidade espanhola. “Estamos muito satisfeitos em trazer a nossa tecnologia para a Europa pela primeira vez”, coloca Yukitoshi Fujisaka, presidente da Honda Montesa.
 
Segundo o executivo, essa é uma ótima oportunidade de testar o modelo em uma cidade (Barcelona) onde as motocicletas representam 30% de todos os veículos utilizados.
 
Tecnologia avançada
 
A scooter Honda EV-neo foi apresentada pela primeira vez como protótipo no Salão de Tóquio, no Japão, em 2009. No ano seguinte, começou a sua comercialização apenas em território japonês. Equipado com bateria elétrica, o modelo foi criado principalmente para uso comercial, uma vez que o seu desenho permite o transporte de carga.
 
Além disso, a scooter opera com um motor de 2.8 kw e uma bateria de lítio-íon, proporcionando torque elevado mesmo em baixa velocidade, e bom desempenho em partidas e subidas. A EV-neo alcança de 30 a 34 km/h em terreno plano.
 
Em conjunto, há um carregador de bateria altamente portátil, que permite a recarga completa do modelo em aproximadamente 30 minutos, com uma temperatura ambiente de 25ºC.
 
Aplicações na prática
 
A scooter EV-neo também está sendo usada pela Honda em seu programa de testes de veículo elétricos, em Kumamoto, e na prefeitura de Saitama. Essas atividades servirão para ajudar a desenvolver novas formas de mobilidade pessoal, visando a redução de CO2. No programa de Kumamoto, o modelo é alugado por moradores e turistas que informam a Honda o que acharam e quais os benefícios. Já em Saitama, são alugados por empresas de entrega.
 
 
Fonte: Segs

quinta-feira, 28 de julho de 2011

UMA HOMENAGEM AOS MOTOCICLISTAS

Prezado amigo motociclista,

No Dia do Motociclista, ontem - 27 de julho, cabem algumas reflexões... e, dentre elas, lembrar que para continuar festejando esta data por longos e longos anos, é necessário ter cautela ao pilotar.

Lembre-se do prazer e da alegria que compartilhamos em nossos encontros!
Apesar de termos a consciência de que você já sabe todas as regras para uma boa pilotagem, receba, sob forma de extremo cuidado com sua integridade, algumas regras que valem a pena ser relembradas:

 1) Use capacete de cores vivas e que se ajuste a sua cabeça. Prefira botas com solas de couro e cano alto, protegendo bem o tornozelo. Calças compridas de tecido resistente e jaqueta. Dê preferência ao couro. As luvas também devem ser de couro.
 
 2) Moto bem regulada e em bom estado de funcionamento. Verificar pneus e luzes e não modificar o sistema de escapamento. Você vai contribuir para diminuir a poluição, menos fumaça e menos ruído.

 3) Não vá costurando no trânsito entre os outros carros em movimento. Dirigir defensivamente vai evitar acidentes.

  4) Fique visível aos outros veículos no trânsito. Há muitos pontos cegos para os motoristas e, mesmo durante o dia, circule com o farol aceso. Não se esqueça de sempre sinalizar seus movimentos.
 
 5) Os cruzamentos são pontos de máxima atenção, fique sempre atento. Parar e olhar pode ser uma questão de vida ou morte. Fique no seu espaço e não divida a mesma faixa com outros veículos.

 6) Buracos, areia, poças d’água e óleo no chão são verdadeiras armadilhas urbanas. Esteja sempre alerta. Se você dirige na cidade ou em estradas, mesmo que diariamente, sempre pode aparecer um desses perigos. Você pode demorar mais, mas vai chegar inteiro.

 7) Os freios devem ser usados com muita habilidade. Você deve frear sempre os dois ao mesmo tempo. Fique esperto. O freio traseiro além de ajudar a parar, mantém o equilíbrio da motocicleta.

 8) Se você estiver com um carona, não se esqueça: ele também deve estar obrigatoriamente, de capacete e de preferência com as mesmas roupas que ajudam na segurança.

 9) Se você precisa dirigir a noite, lembre-se: sua capacidade de visão é seis vezes menor do que você tem durante o dia. Reduza a velocidade e fique a uma distância maior do veículo que está a sua frente.

 10) Dirigindo com chuva, sua velocidade deve ser menor ainda e guardando uma distância ainda maior. Use capacete com visor fechado e, evite acelerações e frenagens fortes.

 11) Com neblina, primeiro desaparecem as cores fracas. Por isso, você deve usar roupas com cores fortes e faixas reflexivas no capacete. O farol deve estar baixo. Com o farol alto você vai dificultar a sua visão e a possibilidade de um acidente é muito maior.

 12) Uma postura correta o ajudará com o cansaço e desgaste com longas viagens além de possíveis problemas físicos. Suas costas devem ficar sempre eretas, nunca arqueadas. A cabeça deve ficar sempre alta, ombros relaxados e os cotovelos mais baixos que o guidão. As mãos devem pegar as manoplas bem no centro e os punhos ficarão mais baixos do que as mãos. Os joelhos devem ficar encostados no tanque de combustível, com os pés paralelos ao solo. O salto do sapato deve ficar encaixado nas pedaleiras e a ponta do pé direito sobre o pedal do freio traseiro. Em hipótese alguma dirija sua moto com sandálias ou descalço. Você precisa pensar na sua segurança.

 13) Dirija com cuidado dando segurança a você e ao pedestre. Dê preferência de passagem a ele. Respeite a faixa de pedestre. Cuidado no trânsito congestionado, o pedestre pode não perceber a presença da moto pelo corredor.

 Fique alerta! Prevenir sempre foi e será a melhor maneira de agir!
 Liberdade e aventura com muita segurança!!!

 Saudações motociclisticas,
 Aziz e Diretoria


Fonte: BMW Rio Motoclube

segunda-feira, 25 de julho de 2011

ANDAR DE MOTO PODE MANTER A JUVENTUDE


Pesquisador afirma que as motocicletas podem trazer benefício a seus usuários. Imagine se ao mesmo tempo que você está dirigindo sua motocicleta, também treina seu cérebro. Parece bom demais para ser verdade. Mas é isso mesmo o que diz o cientista Ryuta Kawashima, em sua mais recente pesquisa.

De acordo com o japonês, a condução de motocicletas exige maior atenção do usuário, fazendo com que o cérebro envelheça com mais saúde.

Kawashima realizou, em parceria com a Yamaha Motor Company, experimentos na Universidade de Tohoku, no Japão. Utilizando 22 homens de meia-idade, habilitados para motocicletas, mas que não andavam com os veículos nos últimos 10 anos. Dividindo-os em dois grupos, um deles passou a utilizar motos e o outro carros e bicicletas.

Depois de dois meses, todos passaram por testes cognitivos e o resultado foi favorável ao grupo das motocicletas. “Mostramos que pode melhorar suas condições mentais apenas andando de motocicleta”, disse Kawashima.

Fonte: Fastmotos

sexta-feira, 22 de julho de 2011

AS MOTOS MAIS CRIATIVAS DO MUNDO!

No post de hoje trazemos uma série de motocicletas tunadas, modificadas ou, até mesmo, construídas artesanalmente que demonstram toda a criatividade e paixão pelas motos. Confira:

































 

quarta-feira, 20 de julho de 2011

MOTO PINTADA COM OURO É VENDIDA POR R$ 820 MIL





Há pessoas que tem o toque de Midas para os negócios, e tudo em que colocam a mão se transforma em montanhas de dinheiro. Nada mais justo, portanto, que estes poucos mortais tenham também sua parcela de ouro nas estradas da vida. Exibida em 2007 no Salão de Motos de Seattle, nos Estados Unidos, esta preciosidade em duas rodas com pintura de pó de ouro, peças banhadas a ouro e cobre, e detalhes em cristais Swarovski, acaba de ser vendida nos Estados Unidos por US$ 500 mil – cerca de R$ 820 mil. Mais para uma obra de arte, que para uma motocicleta, o modelo tem motor de 1.600 cc e não teve o comprador revelado, ele quer permanecer anônimo. A venda foi anunciada pela organização do evento de motos. Agora fica a pergunta: se o dono não queria chamar atenção, levou para casa a moto errada, não é mesmo?










Fonte: Fast Motos

segunda-feira, 18 de julho de 2011

MOTO ELÉTRICA BATE RECORDE NO PIKES PEAK

Esta moto elétrica, pilotada por Chip Yates, norte-americano do estado da California, é detentora de vários recordes. Entre eles, o da moto elétrica mais veloz, com recorde de velocidade de 312 km/h e o de moto elétrica mais potente, com o equivalente a 240 cv de potência máxima. E agora, um novo recorde foi estabelecido: O de moto elétrica que mais rapidamente realizou a subida do Pikes Peak.


 O Pikes Peak é uma tradicional prova de subida de montanha, onde o percurso de quase 20 km e 156 curvas (incluindo 4,2 km de terra) é extremamente desafiador. O início é a uma altura de 2.862 metros, e a prova termina no frio das pontas do pico, que fica 1.439 metros mais alto, a 4.301 metros de altura em relação ao nível do mar.



Veja o vídeo da subida:



A moto elétrica impressiona pelos números. Montada em um chassis de Suzuki GSX-R 750, a moto possui um motor elétrico que gera até 240 hp de potência e que pesa 50 kg. O restante do peso se deve ao conjunto de baterias e ao sistema de reaproveitamento de energia (Kers). O peso da moto é de impressionantes 266 kg, o que torna as coisas um pouco complicadas para o piloto.




Mesmo assim, a moto subiu o Pikes Peak em apenas 12 minutos e 50 segundos. Para ter uma ideia, o recorde do circuito é da Ducati Multistrada 1200, com 11 minutos e 11 segundos. Se esta moto estivesse concorrendo entre a categoria de até 1205cc, estaria em quinto lugar, a frente de Jeff Jensen, com uma Ducati 695, moto mista, que leva larga vantagem sobre a esportiva de 266 kg na terra.

O peso exagerado da moto certamente atrapalha muito a pilotagem. Dá para perceber no vídeo a forma como o piloto precisa reduzir para fazer as curvas. A disposição das baterias, na rabeta da moto, também contribui para elevar o centro de gravidade da moto, tornando a condução da moto ainda mais complicada.

De qualquer forma, é impressionante ver como a moto acelera. O motor elétrico consegue empurrar todo o peso da moto com muita disposição e agilidade. E por não possuir marchas, a impressão que se tem é que o motor não vai parar de evoluir!


Fonte: Motos Blog

segunda-feira, 11 de julho de 2011

SALÃO BIKE SHOW NO CAMPEONATO ESTADUAL DE MOTOVELOCIDADE

Rolou neste último domingo, dia 10 de julho, a primeira etapa do Campeonato Estadual de Motovelocidade que foi realizada no Autódromo Nelson Piquet, em Jacarepaguá (RJ). O campeonato foi divido em sete categorias: N-250, Super-250, SST, SSP-600, SSP-1000, SBK e Motoboy. Além destas provas ainda ocorreram apresentações de manobras radicais e whelling (esporte praticado com motos e bicicletas adaptadas).

O Salão Bike Show marcou presença e prestigiou o evento com seu estande de divulgação e com a distribuição dos certificados de participação no Salão Bike Show 2011.

Veja abaixo algumas fotos do evento:


















Crédito pelas fotos: Sigladesign

quinta-feira, 7 de julho de 2011

2º SALÃO BIKE SHOW NO RJ JÁ TEM 40% DA ÁREA RESERVADA

A matéria abaixo foi veiculada nos seguintes sites: Motonline, Cronospeed, Blog do Moquenco, CarPoint NewsTudo de Moto e Paraná Online

Confira: 

Depois do sucesso da primeira edição do Salão Bike Show que aconteceu em janeiro deste ano, a 2ª edição já está confirmadíssima para 2012 e vai acontecer entre os dias 26 e 29 de janeiro, no Riocentro, o maior centro de convenções da América Latina. Faltando mais de 6 meses para o evento aproximadamente 40% da área já foi reservada para as empresas do setor, sendo que muitas delas participaram da primeira edição e ficaram contentes com a ótima repercussão do evento.

No Salão Bike Show foram registrados mais de 28.000 visitantes, onde 70 expositores e 200 marcas estiveram presentes e puderam mostrar seus produtos e fechar muitos negócios durante os quatro dias de evento, foi um sucesso de público e crítica. Para a próxima edição é esperada a participação de um numero maior de montadoras, empresas de acessórios, equipamentos e também de serviços. 



O Salão Bike Show é uma realização da Indigo Brasil e tem como principais parceiros a montadora Octaplan, com o apoio da FMCRJ - Federação de Moto clubes do Rio de Janeiro e da AMO-RJ - Associação dos Motociclistas do Estado do Rio de Janeiro.