segunda-feira, 16 de abril de 2012

MV Agusta integra “Quick Shift” nas F3 e Brutale 675



A MV Agusta revelou que as novas F3 e Brutale 675 estão agora disponíveis com o sistema “Quick Shift” para uma melhor performance no asfalto. Este novo sistema permite que o motociclista troque rapidamente as marchas sem ter a necessidade de usar o acelerador ou de pressionar a embraiagem.


A marca italiana passou a oferecer mais duas versões dos modelos de média cilindrada da F3 675 e da Brutale 675. A primeira versão mostra o sistema tradicional de mudanças de marchas, ao passo que a segunda revela um novo sistema eletrónico para troca rápida de marchas, o denominado sistema EAS (Electronically Assisted Shift), também conhecido como “Quick Shift”.

Trata-se de mais uma opção que a marca italiana oferece aos seus motociclistas, e é por isso que ela é considerada uma referência no segmento desportivo de média cilindrada.

Mesmo sem o sistema EAS, os dois modelos têm características extraordinárias, como o Sistema de Controle Eletrónico MVICS (Motor & Vehicle Integraded Control System) com controle do acelerador, o sistema integrado de controle de tração e a possibilidade de girar o virabrequim em sentido contrário, à semelhanças das motos de competição.

A F3 675 com “Quick Shift” estará disponível no continente europeu no início da primavera. Por outro lado, a Brutale 675 iniciará a sua produção em meados de junho. O lançamento de ambas é aguardado com grande expetativa.

Um comentário: